Vladimir Grashnov morreu de câncer, possivelmente contraído por radiação nociva. Konstantin Dimitrov foi assassinado em um encontro com sua namorada. Konstantin Dishliev tomou um tiro enquanto almoçava. O número de telefone dos três era 0888 888 888.

Grashnov era o CEO da empresa de telefonia que distribuiria o número, Dimitrov tinha um império de tráfico de drogas e Dishliev era um agente estatal com uma operação de tráfico de cocaína por baixo dos panos.

Não há explicação sobre os motivos por que cada pessoa que acabou ficando com este número acabou morrendo cedo e dolorosamente. Em vez de arriscar a maldição em outro cliente, a Mobitel, dona do número, resolveu desativá-lo para sempre. [Telegraph via Textually via Dvice via Geekosystem]