O Google anunciou ontem o fim do Google Labs. Calma, o Labs continua em todos os outros produtos do Google, como Gmail e YouTube, mas o grupo de engenheiros que criou produtos como um conversor de Flash para HTML5, medidor de velocidade para páginas na web, modelo 3D pesquisável do corpo humano, além de apps para Android como o Google Goggles, Listen e Gesture Search, não existirá mais.

Estes e outros produtos não vão sumir: os apps continuam no Market, e os projetos serão absorvidos por outros departamentos. O espírito e a missão da iniciativa continuam, só que de uma forma bem menos centralizada. E como alguns dos produtos criados no Labs viraram grandes destaques para o Google, eis algumas das coisas mais legais e mais transformadoras que os cientistas malucos do Google Labs criaram ao longo dos anos:

Google Maps

O Google Maps concorre com o Gmail para ver qual é o serviço mais utilizado do Google que não a busca. Ele é o serviço de mapas mais usado no planeta, disponível para 30% da população mundial, e ele ainda segue se expandindo e acrescentando funções.

 

 

Google Suggest

Pode ser legal ver sugestões bizarras de pesquisa no Google, oferecidas pelo Google Suggest, mas Eric Schmidt não estava muito longe da realidade quando disse que “[o Google] pode saber mais ou menos sobre o que você está pensando”.

 

 

Google Docs

Lá em 2006, a maioria de nós ainda estava enviando arquivos uns para os outros, para dar acesso a eles para outras pessoas; documentos sincronizados online estavam tão à frente do seu tempo que a ideia não pegou por algum tempo. O Google não criou o Docs por completo – eles compraram a empresa Writely e a transformaram no “Word do Google” – mas criaram o serviço de planilhas, apresentações e tudo o mais que o Docs tem hoje. Cara, o Google está “na nuvem” antes de criarem a expressão “computação na nuvem”.

Google Alerts

O Google Alerts pegou o conceito antigo de newsletters e mailing lists e o combinou com a prática moderna de ingerir toda a informação da internet. O Google Alerts é uma fusão engenhosa de preguiça e ambição online: nós queremos saber tudo que está acontecendo, mas podemos fazer isto sem sair por aí e frequentar as fontes.

 

Google Reader

Lançado em 2005 no Google Labs, em 2007 ele saiu do beta, e até hoje não existe um webapp tão bom como o Google Reader para ler seus feeds em um só lugar. Sério, Google, valeu mesmo por isto.

 

 

 

Google Goggles

A busca por imagem é algo impressionante. Ela só chegou ao Google Imagens há um mês, e já estamos esperando por ela no Windows Phone 7 Mango. Mas o Google vem fazendo buscas por imagem desde o final de 2009. A precisão do serviço chega a assustar, e é um ótimo exemplo de como o Google Labs ajudou a manter o Google à frente da curva.

 

Google Groups

Lembra quando a melhor alternativa para criar grupos de discussão na web era o caótico Yahoo Groups? Felizmente, o Google nos apresentou com uma solução melhor. As redes sociais devem ter tirado parte do encanto do Google Groups, mas o serviço, criado no Labs em 2001 e lançado em 2004 sem a tag “beta”, ainda tem sua utilidade.