O silêncio das empresas envolvidas com o Android — Google, fabricantes e operadoras — sempre tornou a discussão sobre atualizações mais incisiva. O Google anuncia uma nova versão, as pessoas querem a versão em seu aparelho, as fabricantes demoram meses para atualizar. Mas agora, com a iminente chegada do Ice Cream Sandwich, Sony Ericsson e Motorola decidiram expor com detalhes o processo de lançamento de uma atualização do Android.

O discurso das duas empresas — que postaram textos semelhantes com poucas horas de diferença — é parecido: o processo se estende na hora de adaptar o sistema a diversos tipos de hardware, as fabricantes de processadores (Nvidia, Texas Instruments, Qualcomm) precisam adaptá-lo também e, como era de se esperar, as fases que demandam mais tempo são as de “adaptação de conteúdo” do sistema para as skins dos fabricantes e das operadoras. Elas, inclusive, ainda precisam aprovar a versão do sistema, o que pode demorar meses.

Por um lado, os posts devem ser celebrados: é a primeira vez que duas fabricantes, ao mesmo tempo, explicam detalhadamente o processo de atualização do Android. Por outro, é hora de ficar temeroso: o excesso de explicações nos leva a crer que, não, o Ice Cream Sandwich não chegará rapidamente aos aparelhos com Android, por mais atuais que eles sejam. O fato de a Motorola, comprada pelo Google, ter tomado a frente na discussão só reforça a ideia. [Sony Ericsson e Motorola via The Verge]