Photograph.Co: esse é o nome da loja da Canon em São Paulo. É a primeira loja da marca no Brasil e a segunda na América Latina — já havia uma na Colômbia. A loja, chamada de “premium” pela empresa, vende toda a linha de produtos, das compactas PowerShot até as profissionais EOS, além de muitas lentes (menos as teleobjetivas, que não caberiam nas vitrines). Há também cartões de memória da SanDisk e mochilas, além de acessórios para iPhone e fones de ouvido da Marshall (que eu não entendi muito bem o que estavam fazendo lá, mas estavam lá, eu juro). Os preços, no entanto, não trazem nada de novo — ou seja, ainda são assustadores.

A intenção é criar uma “cultura da fotografia”, para que o consumidor se envolva e aprenda. Pode parecer puro papo de marketing, mas há até mesmo um estúdio no local para testar as câmeras e imprimir as fotografias. Além disso, a loja oferecerá cursos do Canon College, desde os mais básicos até os avançados. Ainda não há detalhes sobre os cursos, mas a empresa promete revelá-los em breve.

A loja fica no cruzamento da Alameda Lorena com a Rua Bela Cintra, nos Jardins, região nobre da capital paulista. Fica a uma quadra da luxuosíssima Rua Oscar Freire. Por essas e outras, os preços na Photograph.Co são tão caros quanto em outros varejistas: a EOS 60D, por exemplo, sai por R$ 4.499, o mesmo que na Fnac — e, como sempre, muito mais do que na Amazon americana (US$799).

Mas se você não tem todo esse dinheiro, não se preocupe: até mesmo a Canon EOS 1DX, que custa R$ 42.999, está disponível para testes. Vale pela brincadeira, pelo menos.

E como é a loja?

A decoração é muito bonita…

SONY DSC

SONY DSC


…inclui até uma miniexposição de fotos…

SONY DSC


…e iPads nas paredes da escada, para você conhecer melhor a linha de produtos.

SONY DSC


A EOS 1DX custa os olhos da cara (caso você tenha olhos de ouro)…

SONY DSC


…mas está lá para quem quiser testar…

SONY DSC


…assim como várias DSLRs…

SONY DSC


…e também as compactas.

SONY DSC


Até esse cachorro quis ver a loja mais de perto!

SONY DSC


Ele não pôde mexer nas câmeras, mas ganhou um carinho para compensar.

SONY DSC