Ano passado a Hasbro anunciou que iria processar a ASUS pelo uso da marca Transformer Prime; aparentemente, pessoas do mundo inteiro estavam confundindo o tablet com o caminhão-que-vira-robô dos desenhos, brinquedos e filmes. O caso chegou ao seu final (a Hasbro perdeu), mas a sentença é bem, bem hilária.

Hilária se comparada aos padrões da maioria das outras sentenças, claro. Às vezes essas coisas parecem mais com um texto do io9 do que as palavras de um juiz. Como veiculado no Paid Content, o juiz explicou:

“Os Autobots são liderados pelo virtuoso personagem Optimus Prime, enquanto os Decpticons seguem o poderoso Megatron. De acordo com a Hasbro, Optimus Prime deve representar honra, respeito, liderança e liberdade…

No terceiro filme, um personagem Autobot chamado ‘Brains’ se disfarça de notebook Lenovo ThinkPad Edge Plus […] a Hasbro desenvolveu a série animada para a TV ‘Transformers Prime’, que foi ao ar mais ou menos em novembro de 2010. A série foca na vida e história do personagem Optimus Prime. ‘Prime’ foi adicionado à marca ‘Transformers’ no nome do programa para enfatizar esse foco. Desde então, a série recebeu diversas indicações ao Emmy e outros prêmios e tem sido transmitida em 170 países…

Não há truques no Eee Pad Transformer ou no Eee Pad Transformer Prime, nem podemos dizer que exista qualquer similaridade no uso ou funcionamento entre os produtos da Hasbro e ASUS.”

A Hasbro, como era de se imaginar, não está contente com a decisão. Talvez ela possa entrar em uma pendenga judicial mais apropriada na próxima, né? [Paid Content]