No ano passado, a Adobe deu seus primeiros passos no mundo do hardware com dois dispositivos, o projeto Mighty e Napoleon. A gigante de software agora parece estar pronta para lançar seus produtos com novos nomes. Conheça o Ink e Slide. Eles, no geral, são excelentes.

A ideia por trás do Ink e Slide é dar a designers uma experiência de desenho em tablets que vai muito além de uma stylus tradicional. Enquanto a Ink é de fato uma stylus com corpo de alumínio, a Slide é uma régua digital que permite desenhar linhas retas e formas pré-definidas.

Juntos, os dispositivos supostamente fornecem mais precisão e versatilidade para desenhistas, designers de produtos, arquitetos e também qualquer dono de iPad. A Adobe criou também dois novos apps para usar esses hardwares.

O primeiro é chamado Line, e envolve tudo o que você pode fazer com o Ink e o Slide: desenhar à mão com diversos tipos de canetas e pincéis personalizáveis, criar linhas retas e formas, importar fotos para modificar, e, por fim, exportar seus desenhos para sua conta de armazenamento do Creative Cloud. O segundo app é chamado Sketch, e faz praticamente as mesmas coisas, exceto pelas ferramentas de desenho que não são personalizáveis, mas você pode organizar os projetos em diferentes categorias. A Adobe pretende promover o Line como algo mais preciso, enquanto o Sketch é voltado para ideias rápidas.

Tivemos uma chance de brincar um pouco com os aparelhos por alguns dias, e por vezes nos impressionamos, enquanto em outros momentos nos decepcionamos. Vale ressaltar que mexemos em uma versão ainda em pré-produção – então falhas eram até esperadas e devem ser eliminadas da versão final.

770787151801266503 770787151892132679

Como uma stylus, a Ink é certamente belíssima e muito confortável de ser segurada. Ela é bem leve e resistente, e tem um formato triangular. A Adobe fez parceria com a Adonit para fabricar a stylus, que tem uma ponta como de uma caneta, diferentemente da borracha presente em várias outras stylus. Ela conta com sensibilidade de pressão e rejeição de palma da mão, apesar da rejeição de palma da mão só estar disponível ao desabilitar gestos no app. Esse recurso é comum em stylus, e normalmente não funciona bem, e a implementação da Adobe não é diferente.

A Slide, por outro lado, é um prazer para usar. A maior parte dos apps de desenho sofrem com a falta de um método simples de desenhar linhas retas, e a Slide se encaixa bem nisso. Criar linhas e formas é bem fácil e intuitivo. O recurso adicionado de uma grade de perspectiva móvel apenas aumenta as possibilidades. Você pode achar o hardware meio grande demais – nesse caso, deixe ela de lado e use gestos de dois dedos na tela para simular a régua.

773526191322056618

773526191571594154

O design dos apps da Adobe são belíssimos, mas ainda estão em suas versões básicas. Não existem muitas ferramentas de desenho para escolher. Mas você pode personalizar o tamanho e opacidade, o que não é possível em outros apps populares. A integração com o Adobe Kuller, o app e interface de web de escolha de cores que dá acesso a diversas cores diferentes, aumentam as possibilidades do Line e Sketch. Compartilhar sua criação para o rolo da câmera ou para o Creative Cloud é simples e envolve um arquivo PNG de tamanho decente.

O que permanece bastante confuso nas ofertas da Adobe é a diferença entre o Line e o Sketch. Não há um motivo claro para ser assim. A funcionalidade é basicamente a mesma, com recursos sendo adicionados ou removidos. O Line permite ajustar tamanho e opacidade dos traços, o que o Sketch não faz. O Sketch permite jogar desenhos em projetos, o que o Line não faz. Parece arbitrário, e um único app poderia dar conta de tudo.

Mas certamente os apps da Adobe evoluirão e ficarão melhores. E o hardware já está em um bom nível – apesar de provavelmente ser caro demais pelo que oferecem. Ink e Slide serão vendidos em um pacote por US$ 200 pelo site da Adobe. É caro para uma ferramenta dessas, e a maior parte das stylus Bluetooth custam entre US$ 50 e US$ 100. A diferença é a inclusão da Slide e as suas funcionalidades. É bem útil. Em relação à stylus, existem concorrentes decentes por aí.

Ink e Slide são bem divertidos. Se designers considerarão o preço de US$ 200 decente para as suas funcionalidades é outra história. Independentemente de como as vendas foram, a Adobe apresentou peças de hardware bem interessantes, e isso é bacana. Esperamos para ver se elas representam apenas um experimento, ou uma nova linha de produtos da empresa.