A Apple finalmente anunciou o carregamento sem fio para o iPhone 8, o iPhone 8 Plus e iPhone X hoje. Mas este não seria um produto Apple sem a presença de um novo e caro acessório. Infelizmente, ainda não sabemos quanto custará o AirPower, mas sabemos que ele será lançado no ano que vem e imaginamos que ele não será muito barato.

Carregamento sem fio é uma tecnologia que encontra diversas dificuldades para se padronizar entre os dispositivos disponíveis, pelo menos em parte, graças a batalhas judiciais da indústria que não decide se unifica o padrão em PMA ou Qi. Depois de de se tornar membro do Wireless Power Consortium, estava quase praticamente certo que a Apple faria usa da tecnologia Qi, já que a Wireless Power faz campanha para este modelo. E já que poderosos celulares, como o Galaxy S8 e o Note 8 da Samsung fazem uso de ambos os padrões, a Qi deveria ganhar uma clara liderança neste ramo assim que a Apple incorporasse os seus 16,9% da fatia do mercado mobile no jogo. Mas pelo que a Apple disse no evento de hoje, ela pretende modificar o que a tecnologia Qi de fato é.

A empresa não compartilhou muito detalhes sobre o AirPower, apenas que ele pode carregar seus novos iPhones, Apple Watches e AirPods ao mesmo tempo. Todos os três dispositivos também se conectam enquanto são carregados. E por ser tudo sem fio, a porta lightning dos aparelhos fica livre para usar os fones com cabo da Apple.

Quanto ao preço, não sabemos quanto ele custará, mas para se ter uma ideia, é possível comprar uma bem avaliada base carregadora da Qi para um único telefone por U$ 16 na Amazon. É bem possível que a Apple se aproveite do fato do AirPower carregar três aparelhos de uma única vez e cobrar de acordo com isso.

Por agora, a Apple diz trabalhar com o Wireless Power Consortium para integrar essa tecnologia ao restante do padrão Qi enquanto planeja o lançamento do AirPower em algum momento do ano que vem.