O sonho de tantos brasileiros começou a tomar forma: a Amazon anunciou nesta quarta-feira (18) o início da venda de eletrônicos no País. Mas enquanto os concorrentes já estão tremendo, a gente quer saber o que realmente importa: a loja é o que consumidor espera ou ainda falta um bocado?

• Kindle Oasis resistente à água chega ao Brasil por R$ 1.149
• Casal rouba equivalente a US$ 1,2 milhão aplicando golpes na Amazon

O número de eletrônicos é bom (110 mil produtos, segundo a Amazon), mas já podemos dizer que falta um bocado, sim. Isso porque a Amazon lançou um Marketplace, ou seja, ela é só uma intermediária entre o usuário e uma terceira loja (ou até uma pessoa física). Portanto, a empresa ainda não está fazendo uma venda direta, não tem estoque ou armazém, e funciona ainda apenas como uma ponte entre vendedores e consumidores – algo que várias concorrentes já faziam.

Mas isso já foi o suficiente para assustar os competidores: segundo o Buzzfeed, as ações dos concorrentes já despencaram na Bolsa. Enquanto isso, a B2W, apesar de jurar que as duas coisas não estão relacionadas, informou na terça-feira (17) que vai atuar na venda de produtos usados entre pessoas físicas, além de um serviço de entrega premium com um valor de frete fixo por ano para que as pessoas comprem quantas vezes quiserem sem pagar pelas entregas separadamente.

A coisa vai complicar mesmo para os competidores se a Amazon começar a praticar seus preços imbatíveis, que no exterior foi suficiente para abocanhar a disputa e levantar discussões de concorrência desleal. Tudo isso enquanto assistimos de camarote apenas esperando quem pode nos oferecer o melhor preço — geralmente, a Amazon.

Por enquanto, esse não é o cenário no Brasil. Como destacamos, a Amazon por aqui é, por ora, apenas um Marketplace. Mas isso não significa que a empresa não queira chegar causando algum barulho. A forma encontrada no momento foi com a criação de uma página especial com descontos que chegam a superar os 50%, além de oferecer um eBook de graça para quem fizer compras entre 18 e 25 de outubro. Ainda muito pouco para as expectativas que temos para a empresa no Brasil.

Se nos Estados Unidos você pode encontrar de tudo no catálogo da Amazon, por aqui a coisa ainda está limitada a livros e eletrônicos. Quando é que eu vou poder comprar chifres de unicórnio pro meu gato?