Há algumas horas, o Google fez duas mudanças no AOSP (Android Open Source Project) que são de extrema importância para o futuro do Android. Basicamente, a próxima versão do sistema promete trazer apps mais rápidos e economizar bateria: assim começa a era do ART, ou Android Runtime.

O ART existe há meses, lançado junto à versão 4.4 KitKat, mas em fase experimental. Agora parece que o Google está pronto para lançá-lo a mais usuários.

Segundo o Android Police, foram duas mudanças: o antecessor do ART (chamado Dalvik) foi completamente removido; e todas as referências a ele foram alteradas para chamarem o novo runtime.

E o que faz o ART? Em termos simples, todo app precisa ser compilado para rodar; ou seja, precisa ser “traduzido” para uma linguagem que o computador (ou smartphone, ou tablet) entenda.

Por enquanto, o Android compila apps toda vez que eles são abertos, consumindo CPU e bateria. Mas versões futuras vão pré-compilar parte do app: isso economiza bateria, e faz apps abrirem até 50% mais rápido.

O ART “pode melhorar o desempenho do app”, segundo o Google, mas a empresa não promete um salto em performance – e sim um avanço no tempo de abertura. Como o app é parcialmente compilado, ele ocupará um pouco mais de espaço no seu dispositivo, e demorará um pouquinho a mais para instalar – mas parece uma troca justa.

Quando o ART estará disponível para os usuários? Bem, as mudanças no AOSP sugerem que uma nova versão do Android está chegando, e semana que vem temos o evento Google I/O – parece questão de ligar os pontos.

Vale notar que esta é uma mudança profunda que não poderia ser distribuída através do Play Services, por exemplo; isso requer uma atualização do Android, que depende das fabricantes (ou de criadores de ROMs personalizadas).

Android 4.4.4

E enquanto este novo Android não chega, usuários de dispositivos Nexus já podem instalar a versão 4.4.4 KitKat, que resolve um problema de segurança no OpenSSL. Ela vem algumas semanas da versão 4.4.3, que resolve a falha de segurança Heartbleed.

Se ela não chegar via OTA para você, basta baixar a ROM oficial aqui para Nexus 4/5/7/10 e instalá-la seguindo estas instruções.

[Android Police; Google via Android Authority via Engadget]