O engenheiro de software Josh Brown analisou o código-fonte do Android, e descobriu que o sistema terá melhor suporte a câmeras em breve, através de uma nova API.

A documentação sugere que o Android ganhará uma nova Camera API. A parte mais intrigante é que, aparentemente, o app da câmera poderá acessar os dados do sensor em formato RAW, não só os dados já processados ​​em JPEG. Ou seja, ele preservaria todas as informações de cada pixel da imagem.

Isso permite que você grave arquivos RAW na memória do seu celular, para editá-los depois em programas como o Adobe Lightroom. Além disso, a função permite edição mais sofisticada no próprio celular.

O suporte a RAW em smartphones não é uma ideia nova: a Nokia trará esta função para o Lumia 1020; ela já está presente no Lumia 1520. No iOS, há apps de terceiros que oferecem imagens apenas próximas ao RAW; no Android, nem isso… por enquanto.

Há também sinais de um modo contínuo no Android padrão. Como nota o Ars Technica, vários dispositivos com Android permitem tirar diversas fotos de uma vez; no entanto, trata-se de soluções criadas pelas fabricantes. Daqui em diante, ela pode ser embutida por padrão em todos os dispositivos, inclusive os da linha Nexus. (Já existem apps de modo burst na Play Store, no entanto.)

Por fim, teremos suporte embutido a detecção de rosto, algo que por enquanto as fabricantes precisam incluir no Android. A função permite focar no rosto das pessoas, e aplicar efeitos em cada um deles.

Parece que o Google começou a trabalhar na nova API para ser lançada com o Android 4.4 KitKat, mas ela não foi concluída a tempo. Por isso, há um aviso na documentação para escondê-la do produto final: “Não fundir: Ocultar nova API da câmera. Ainda não está pronta.” Será que ela estreará na próxima versão do Android, já no ano que vem? [Ars Technica]