O iOS 11, nova versão do sistema operacional da Apple que chegou cerca de dois meses antes do lançamento da mais recente linha de smartphones caros da empresa, trouxe algumas mudanças à Central de Controle, aplicativo que acelera o processo chato de mudar configuração colocando as mais comumente ajustadas em um só menu de deslizar. Um problema com isso? As mudanças incluíram botões que pareciam ser switches convenientes de Wi-Fi e Bluetooth, mas, na realidade, simplesmente desconectam os celulares de dispositivos e redes próximos em vez de só desligá-los.

Os desenvolvedores da Apple estão aparentemente testando se esse elemento de design precisa de um conserto formal, segundo o site MacRumors. Na mais recente versão beta do iOS (11.2 Beta 2, lançada na segunda-feira), usar os switches de Wi-Fi e Bluetooth na Central de Controle alerta os usuários com uma mensagem que explica que tudo que ele faz é desconectar de dispositivos próximos por um período limitado.

Ao apertar o switch de Wi-Fi na Central de Controle, por exemplo, você recebe uma mensagem que diz: “A atual rede Wi-Fi e outras próximas serão desconectadas até amanhã. O Wi-Fi seguirá disponível para o AirDrop, Personal Hotspot e precisão de localização”. A mensagem equivalente a essa para Bluetooth diz: “Acessórios atualmente conectados serão desconectados, e outros acessórios não vão conectar (até amanhã). O Bluetooth continuará disponível para Apple Watch, Apple Pencil, Personal Hotspot e Handoff”.

Imagem: Captura de tela via MacRumors

Existe uma série de situações em que uma das duas funções pode se ligar novamente por conta própria antes do dia seguinte, como mudar de local, reconectar a dispositivos ou reiniciar o celular, apontou o MacRumors.

Lembre-se de que a mudança é apenas beta, então a Apple pode ainda decidir que o conserto não é uma solução particularmente boa antes de lançá-la para os usuários.

A decisão de deixar os chips de Wi-Fi e Bluetooth nos dispositivos iOS ativados quando desativados na Central de Controles foi feita por conveniência, para permitir aos usuários simplesmente apertar o botão e não perder tempo mexendo nas configurações quando quisessem usá-los novamente. Mas acabou chamando atenção como um risco de segurança. Não havia nenhuma explicação no dispositivo de que os chips de Wi-Fi e Bluetooth permaneciam ligados, deixando os celulares abertos a possíveis ataques via Wi-Fi durante uma vulnerabilidade de dia zero.

Essa mudança aparentemente não resolve a preocupação de segurança, que deveria ser menor para a maior parte dos usuários, mas pelo menos explica o que está acontecendo nos bastidores com mais clareza, para que esses usuários possam tomar suas próprias decisões de como usar a Central de Controle.

[MacRumors]

Imagem do topo: AP