A Apple é bem protetora em relação aos seus segredos comerciais, particularmente em relação a vazamentos de informações sobre produtos que ainda não foram lançados. Caso em questão: a companhia supostamente demitiu um engenheiro depois que sua filha gravou um vídeo na semana passada, mostrando recursos de um iPhone X em uma Caffè Macs, a cafeteria para os funcionários do alto escalão de sua sede na Califórnia.

• iPhone 8 já está em pré-venda no Brasil, mas separe pelo menos R$ 3.999 do seu bolso
• Apple teria reduzido precisão do Face ID para acelerar a produção do iPhone X

Segundo o Verge, a YouTuber Brooke Amelia Peterson diz que seu pai perdeu o emprego como engenheiro da Apple depois que ela gravou um pequeno vídeo mostrando o design do dispositivo e algumas funcionalidades, como a nova central de notificações e o Animoji. Embora outras pessoas já tenham gravado vídeos mostrando o celular antes da publicação de Peterson, a Apple tem um política restritiva sobre como espera que seus funcionários lidem com informações confidenciais, e a gravação da garota continha um QR-code privado – exclusivo só para funcionários – e notas com codinomes de produtos. Como notou o Engadget, a Apple também possui uma “proibição geral de gravação dentro de seu campus” para prevenir o vazamento de segredos comerciais. A Caffè Macs, em particular, deve ser um lugar seguro e privado onde funcionários podem conversar sem terem medo ou serem filmados, segundo o 9to5 Mac.

No vídeo, que pode ser visto abaixo, o iPhone X faz uma aparição de aproximadamente um minuto – incluindo uma cena direta do aplicativo de nota e um Animoji de um alien dizendo “me leve ao seu líder!”.

“Na terça-feira, eu acordei, e meu vídeo do iPhone X tinha se tornado viral”, disse Peterson em um novo vídeo. “Eu estava na página de tendências… Meu pai era um engenheiro privilegiado que trabalhou no iPhone X e tinha um. Depois que a Apple fez o anúncio, depois de muitos YouTubers terem postado vídeos, vídeos de hands-on do iPhone X, eu fiz um vídeo sobre o iPhone X.”

“Não tenho ideia de como meu vídeo chamou tanta atenção, considerando a quantidade de outros vídeos sobre o iPhone X que existe por aí, de outros YouTubers”, adicionou. “[…] No final das contas, quando você trabalha para a Apple, não importa quão boa pessoa você é, se você quebra uma regra eles não toleram”.

Peterson diz que imediatamente tirou o vídeo do ar, mas seu pai foi demitido por violação das políticas da Apple. Ela ainda afirma que eles não ficaram amargurados com a empresa em relação ao incidente.

Entramos em contato com a Apple e atualizaremos a publicação se obtivermos retorno.

[The Verge/Engadget]

Imagem do topo: Captura de Tela via 9to5 Mac