Da próxima vez que você (ou um conhecido seu) for para Nova York e quiser comprar algo da Apple, pode evitar aquela belíssima Apple Store de vidro – um dos pontos turísticos da cidade, e portanto infestado de turistas. A Apple vai abrir uma loja no Grand Central Terminal, a maior estação de trem do mundo e um dos símbolos de Nova York – é uma versão mais glamourosa da Estação da Luz em São Paulo. Na Grand Central, a Apple vai pagar US$800.000 por ano para vender as iCoisas.

A Apple Store ficará onde antes se localizava um restaurante, que pagava “apenas” US$300.000 por ano. A Apple garantiu o aluguel do local por dez anos, algo raro mesmo num lugar tão concorrido.

O MTA, órgão responsável pelo transporte metropolitano de Nova York, divulgou estas imagens de como será a Apple Store da Grand Central. Ela tem um visual simples e um espaço amplo: a estética minimalista da Apple casa bem com a beleza antiga da estação; elas parecem se fundir de forma delicada em um só espaço.

Segundo o MTA, as obras e a renovação começam agora e terminam em quatro meses. Se você passar por Nova York no final do ano, já sabe mais um ponto para visitar (ou evitar!). [Wall Street Journal via The Next Web; New York Post via Electronista]