O Asus Transformer Prime, para nós, é o melhor tablet com Android disponível no mercado; além disso, é um dos poucos a receber Ice Cream Sandwich da fabricante. No entanto, suas vendas andam baixas, ele esquenta mais que o novo iPad em condições semelhantes, e mais: o Prime tem um problema de GPS que nem mesmo diversas atualizações de software puderam resolver. A Asus agora propõe outra solução, desta vez direto no hardware.

A Asus vem soltando atualizações para o Prime desde dezembro, porém mesmo com o Ice Cream Sandwich o problema do GPS não foi resolvido. O problema é fundamentalmente de hardware, e um desmonte realizado pelo Anandtech parece cravar o motivo: o Prime tem uma traseira completamente de alumínio, que atenua o sinal do GPS (e do Wi-Fi). E, ao contrário do iPad 3G, ele não tem uma faixa RF na traseira para ampliar a recepção de sinal. (O iPad Wi-Fi não tem a faixa traseira, mas não tem GPS.)

A Asus admitiu em janeiro que o design do tablet afeta o desempenho de redes sem fio, e removeu do site oficial qualquer menção de que o Prime tem GPS. Além disso, prometeu para este trimestre o Transformer Pad Infinity, tablet semelhante ao Prime porém com tela de 1920 x 1200 pixels e uma faixa de plástico na parte traseira, para evitar os problemas de recepção de Wi-Fi e GPS.

Para o Prime, a Asus promete um kit de extensão GPS: um pequeno acessório que, segundo rumores, se encaixa no conector proprietário, ficando nivelado com o corpo do tablet. A empresa disse ao AllThingsD que vai anunciar oficialmente seus planos em 16 de abril, quando os donos do Prime poderão se registrar no site da Asus e receber o dongle, que será enviado em “cerca de duas semanas” após o registro. A Asus não informou se o dongle será gratuito, mas rumores dizem que sim.

O Transformer Prime foi bem recebido pela crítica mas, de acordo com documentos judiciais, mal vendeu 100 mil unidades, nos fazendo perguntar: há espaço para tablets “premium” rodando Android? E de acordo com testes da Wired entre seis tablets, o Prime é o mais quente ao rodar Dead Space continuamente por 45 minutos – mais até que o novo iPad. (O iPad fica mais quente rodando Infinity Blade 2, que como é exclusivo para iOS não pode ser comparado com outros tablets.) Mas é como dissemos antes: os dois são só mais esquentadinhos. A Asus prometeu lançar o Prime no Brasil “lá por março“, mas para adquiri-lo, por enquanto só importando. [AllThingsD via The Verge]