Como esperado, a Asus mostrou na Mobile World Congress a versão finalizada do Padfone, um smartphone que se encaixa a uma base e vira tablet. A Asus também relançou o Transformer Prime TF700T – visto na CES – como Asus Transformer Pad Infinity, um tablet com resolução 1920 x 1200.

Primeiro, o Asus Padfone: o smartphone tem tela Super AMOLED de 4,3″ e resolução qHD (960×540), novo chip dual-core Qualcomm S4, chip gráfico Adreno 225, câmera traseira de 8MP com flash LED e f/2.2 e câmera frontal VGA. Ele também tem opções de 16 a 64GB de espaço interno (expansível via microSD), saída HDMI e roda Ice Cream Sandwich.

O Padfone vira tablet se você o encaixar dentro de uma tela (opcional): é como se você estivesse usando um tablet de 10,1″. Você ganha maior duração de bateria – a base recarrega o aparelho – e você pode encaixá-lo a um dock com teclado (também opcional), transformando-o em um netbook. Você também pode usar na tela a caneta PadFone Stylus Headset (outro opcional), que também serve para atender chamadas do celular. Sim, é insano. Ou isto é o futuro, ou a Asus foi longe demais. Ele deve ser lançado em abril, e logo teremos impressões de hands-on.

Mas se você quer apenas um tablet, a Asus trouxe o Transformer Pad Infinity. É o mesmo Transformer TF700T que vimos na CES. Ele estará disponível no primeiro semestre em duas versões: com processador dual-core da Qualcomm e 4G LTE, e com Tegra 3 quad-core na versão Wi-Fi. Ambas as versões têm tela SuperIPS+ de 10,1 polegadas com resolução 1920 x 1200 e Gorilla Glass 2, 1GB de RAM, 16/32/64GB de espaço, câmera traseira de 8MP, frontal de 2MP e saída HDMI.

Ele já chega rodando Ice Cream Sandwich e sua bateria dura até 10h, segundo a Asus. Claro que este Transformer tem um dock opcional com teclado, que aumenta a duração de bateria para até 16h. O Infinity é levemente mais grosso que o Prime (8,5mm x 8,3mm) mas tem o mesmo peso (586g) e conta com uma faixa de plástico na parte traseira, para evitar os problemas de recepção de Wi-Fi e GPS que afetaram o Prime. O preço ainda não foi revelado, mas espera-se que ele custe a partir de US$599. [Engadget e AnandTech]