O Hulu é um desses serviços que nós sonhamos usar no Brasil. Ele é cheio de seriados que podem ser vistos via streaming por um precinho camarada, 9 dólares por mês. Só que as coisas mudaram um pouquinho nos EUA: para proteger os canais de TV a cabo (ou já podemos chamar de TV tradicional?), os capítulos dos seriados da Fox agora demoram 8 dias para entrar no sistema. E isso aumentou (muito) a pirataria no país.

A pirataria vem caindo nos EUA há tempos e há quem diga que ela praticamente morreu no país. Exageros à parte, baixar seriados e filmes por torrent ficou mais oneroso quando serviços como Hulu, Netflix e iTunes Store facilitaram as compras — com preços bacanas e início dos filmes e séries em dois ou três cliques, o ato de ficar baixando torrents perdeu parte do sentido.

Mas para proteger a indústria televisiva, os serviços que antes eram muito bons estão ficando apenas bons. Caso do Netflix, que agora cobra DVDs entregues em casa e streaming à parte e causou fúria. E agora do Hulu. O resultado, no segundo caso, é impressionante, segundo dados do TorrentFreak:

Durante os primeiros cinco dias [do novo formato de 8 dias], o número de downloads nos EUA dos últimos episódios do seriado Hell’s Kitchen aumentou 114% se comparado aos 3 episódios anteriores. Para o seriado MasterChef o crescimento foi ainda maior, com 189% de crescimento no país; a demanda maior pode ter sido facilitada pelo fato do capítulo ser o último da temporada.

Resumindo: oito dias é muito tempo para quem acompanha mesmo um seriado. E aí, meus amigos, as pessoas voltam ao caminho das trevas, a vasta internet que oferece de tudo — até mesmo streaming de seriados enquanto o episódio está sendo exibido. Se a Fox espera que as pessoas aumentem a audiência dos programas ou compre planos mais completos do Hulu, ela pode estar dando um tiro no pé e ajudando os EUA a dar um passo para trás no quesito pirataria. [TorrentFreak via GigaOm]