Há um mês, a BlackBerry prometeu que lançaria o BBM, serviço de mensagens instantâneas, nas plataformas da concorrência. Era para ser uma boa notícia: o app é a melhor coisa da BlackBerry em anos. Aí deu tudo errado, e o lançamento não tinha mais data para acontecer.

Agora, o BBM enfim está disponível de graça no Google Play e na App Store. Há uma fila de espera: você precisa cadastrar seu e-mail e esperar pelo convite, para não acontecer as falhas de antes. Mas, entre tantas alternativas de chat, por que escolher a BlackBerry?

Em geral, ele é mais confiável que outras alternativas, com menos falhas na entrega de mensagens. Você sabe quando a mensagem foi entregue (D) e lida (R), o que não é o caso do WhatsApp. E, como o BBM usa PINs em vez do número de celular, dá para controlar melhor quem pode contatar você.

Claro, como em outros apps de mensagens, dá para ver se a outra pessoa está “escrevendo…”, fazer bate-papo em grupo ou enviar arquivos e imagens para seus contatos. Além disso, ele pode ganhar novas funções no futuro, como chat em vídeo e compartilhamento de tela.

Em nosso hands-on, notamos como as versões para Android e iPhone rodaram sem problemas e sem lag. Além disso, a BlackBerry fez um ótimo trabalho em adaptar o BBM para o design de cada plataforma. Claro, o grande problema aqui é: vale a pena trocar de app, se seus amigos não quiserem usar?

O BBM deveria ter estreado no Android e iPhone em setembro. No entanto, vazou uma versão antiga do BBM para Android, que sobrecarregou os servidores da empresa. Ela foi instalada por quase um milhão de pessoas, e gerava um volume de dados muito maior que o normal. Por isso, o lançamento foi atrasado. Agora ele chegou – baixe-o aqui (iOS) e aqui (Android). Será tarde demais? [BlackBerry Blog via The Verge]