Uma coluna vertebral com as vértebras fundidas. Os ossos de uma mulher com sífilis avançada. Esqueletos deformados por raquitismo e lepra. Uma fascinante biblioteca virtual de ossos deformados da Idade Média entrou no ar hoje – e é daquelas coisas que você nem imaginava que existia, mas agora sabe que não conseguiria viver sem ela.

O site Digital Diseases é mantido pela Faculdade Real de Cirurgia de Londres. Ele reúne scans 3D de mais de 1.600 ossos retirados de pacientes com condições debilitadoras e desfiguradoras como raquitismo e lepra, e tudo pode ser acessado gratuitamente pelo navegador. Um dia chato de trabalho? Veja esta coluna vertebral deformada, ou este crânio que parece ter saído de um alienígena. Nas palavras dos próprios cientistas, “não parece com nenhuma espécie hominídea conhecida”. Legal!

original (15)

Este crânio de Chichester mostra mudanças incomuns no osso endocraniano com vários níveis de destruição.

Apesar de parecer macabro, a biblioteca Digital Diseases representa uma impressionante união de ciência e tecnologia. As pessoas por trás do projeto usaram uma combinação de varredura 3D a laser, tomografias e fotografias em alta definição para digitalizar os espécimes. O acesso anteriormente estava disponível apenas para estudantes e pesquisadores, que podiam viajar pela coleção e tocar nos itens frágeis, mas agora o banco de dados gratuito está aberto para o público curioso explorá-lo – você pode acessá-lo por aqui.  [Guardian]

original (16)

Esta coluna vertebral de York é um ótimo exemplo de espondilite anquilosante avançada.