Preservativos são uma tecnologia salva-vidas há décadas, e mesmo sendo pouco mais que balões murchos de látex, eles fazem seu trabalho muito bem – se você usá-los. Este é o problema que Bill Gates quer resolver.

Não, ele não vai andar por aí sendo a “polícia da camisinha”: ele vai oferecer US$ 100.000 para quem criar um preservativo menos incômodo de se usar.

O dinheiro é oferecido pela Gates Foundation através do Programa Grandes Desafios em Saúde Global, e qualquer pessoa pode ganhar: “estudantes, cientistas ou empresários” que consigam melhorar a velha tecnologia de segunda pele.

E se você precisa de alguma ideia inteligente para começar, a Gates Foundation dá uma forcinha:

Alguns conceitos adicionais que podem aumentar [o uso de preservativos] incluem atributos que aumentem a facilidade de uso de preservativos masculinos e femininos, por exemplo uma embalagem melhor ou designs que sejam mais fáceis de se aplicar corretamente. Além disso, atributos que abordem e superem barreiras culturais também são desejáveis.

Então pode ser algo que use campos de força, por exemplo. Ou talvez algo com grafeno? Sei lá, você que se vire – um prêmio de US$ 100.000 não sai de graça.

Gates já ofereceu muito dinheiro para criar um vaso sanitário melhor, então não é surpreendente que algo como o preservativo seja o próximo da lista. Mas com um pouco de sorte, a recompensa pode desencadear alguma ótima inovação, e então você terá que agradecer a Bill Gates da próxima vez que você transar. Que emoção. [Gates Foundation via BetaBeat via The Gothamist]

Imagem por Dmitry V. Petrenko/Shutterstock