O aparelhinho, chamado FoxSMB2, parece com uma lavadora de louça pequena. Acoplada embaixo da pia, ela transforma todos aqueles restos de comida em um composto que tem 60% do seu peso original. Em cidades que têm cobrança de taxas de lixo, isso ajuda a reduzir os custos.

Os caras da Fox também apostam que, em breve, restos de comida serão usados como fonte de energia – e aí o tal composto seria o combustível. E, para completar, a água retirada desses restos é tratada para reduzir o metano e enviada ao centro de tratamento de água da cidade, com o resto da água usada que sai das torneiras, chuveiros e afins.

via Fast Company