O Bradesco anunciou que agora você pode acessar sua conta através do Facebook. Você abre o aplicativo F.Banking neste link, entra com conta, agência, senha e chave de segurança, e pronto: você… vê seu saldo. Só. Esta é a fase inicial do projeto, e o Bradesco avisa: “a ideia é que o app do Facebook tenha todos os serviços do internet banking”. Mas por que não acessar direto o site do banco?

Primeiro, você deve ter dúvida sobre segurança e, principalmente, privacidade – área onde o Facebook não tem o melhor histórico. O Bradesco explica: “todas as consultas no aplicativo acontecem no ambiente seguro do próprio Bradesco, nenhuma informação fica armazenada no Facebook”, diz Luca Cavalcanti, diretor de canais digitais, ao AdNews.

Ou seja, o sistema usado para o acesso à conta é o mesmo do Internet Banking. Ué, então por que não usar o internet banking direto? Luca explica à Info: “o povo passa horas por dia no Facebook em busca de notícias, amigos, fotos e jogos… O banco precisa estar lá também para ajudar”.

Quem sabe seja interessante a ideia de atingir o público que ainda não usa o internet banking, mas usa o Facebook. Só que o acesso é exatamente o mesmo que pelo site do Bradesco: não é mais intuitivo nem mais fácil para o leigo. Ele exige sua senha do cartão e uma chave de segurança – outros bancos exigem apenas uma senha para netbanking. A chave, um código de três dígitos, fica em um cartão com 70 números que você obtém no banco se pedir.

Quem sabe a ideia seja facilitar o acesso via celular, onde o F.Banking também funciona. Só que ele não é adequado para a tela pequena de um smartphone, e o Bradesco já tem site móvel e app para iPhone e Android, todos com mais funcionalidades que o app do Facebook. A ideia do Bradesco parece ser apps em todos os lugares – “presença” é o lema do banco, afinal. Eles foram os primeiros a proverem acesso ao banco através da TV (com ajuda da Samsung), que – assim como o app do Facebook – não parece ser uma solução exatamente prática.

O aplicativo F.Banking levou cerca de oito meses para ficar pronto, segundo Luca, e contou com apoio do próprio Facebook e do Alexandre Hohagen, vice-presidente do Facebook na América Latina. Mas será que um link para o site do Bradesco, ou para uma versão simplificada como acima – só com os campos de agência e conta – não seria melhor? [Info; AdNews via Estadão; imagem via TargetHD.net]