O OS X 10.9 Mavericks agora é oferecido de graça, mas não só: a Apple também prometeu atualizar o iWork e iLife de graça para quem comprou um Mac após 1º de outubro. Mas há uma falha no sistema: pessoas com cópias de teste ou piratas do software receberam atualizações gratuitas também.

Segundo o 9to5Mac, uma falha na Mac App Store parece permitir que os usuários com versão pirata ou trial do Pages, Numbers, Keynote, iMovie, iPhoto, GarageBand e até mesmo Aperture atualizem de graça para a versão mais recente. O 9to5Mac acredita que o bug acontece porque o software vendido na caixinha não está vinculado ao sistema da Mac App Store.

O Aperture usa um número de série único para cada cópia, mas claramente a App Store não é capaz de verificar se o app foi ativado ou não. Por isso, as cópias que foram baixadas e ativadas ilegalmente com um mesmo número de série, mesmo que milhares de vezes, não estão sendo detectadas.

Basicamente, a App Store parece apenas verificar se o software existe no Mac, e não de onde ele vem – ou quem comprou.

A Apple não se pronunciou sobre o problema, mas retirou do ar as versões de teste do software afetado. Ou seja, eles não devem estar muito contentes em ver os usuários colocando as mãos em centenas de dólares de software sem pagar um centavo. Isso era só para os usuários novos. Ops! [9to5Mac]