Na taxonomia dos cães domésticos (Canis lupus familiaris), existem cachorros de todos os formatos e tamanhos, mas com certeza todos eles são legais. Embora todos nós sabemos que todos os cães são bons garotos (e garotas), uma questão permanece: e eles, sabem disso?

• Uma cobra com duas cabeças é uma cobra ou duas cobras?
• Por que cheiro de cocô de cachorro é tão ruim para nós e tão bom para os cachorros

No Giz Asks desta semana, o Gizmodo conversou com especialistas em comportamento animal e cientistas que dedicaram suas vidas estudando cachorros. Aparentemente, os bichinhos sabem quando estão fazendo seus donos felizes, mas possuem seu próprio código moral quando se trata da definição de “bondade”.

Cesar Milan

Behaviorista sobre cachorros, estrela de “O Encantador de cães” (2004-2012) e “Dog Nation”

Os humanos conseguem dizer quando os cães estão felizes? Como eles nos mostram isso por meio da linguagem corporal?

Nós deveríamos conseguir, e podemos, se estivermos prestando atenção. Um rabo abanando é um sinal, embora isso nem sempre indique, necessariamente, um cachorro feliz. Existem casos em que abanar o rabo pode ser um alerta, especialmente se for devagar e deliberado, e principalmente se for da esquerda para a direita.

O que devemos olhar na linguagem corporal canina quando estamos procurando por felicidade é uma falta de tensão. A boca do cachorro está ligeiramente aberta sem ofegar? Suas orelhas estão para cima e a cauda no nível do corpo? Ele está parado normalmente e não agachado, nem em estado de hiperalerta? Seus olhos estão abertos normalmente em vez de estarem espremidos ou arregalados a ponto de você ver a parte branca?

Outro grande sinal de felicidade em um cão é sua tranquilidade. Se o cachorro está girando em círculos ou pulando, esses não são sinais de felicidade – são sinais de entusiasmo exagerado. Imagine um humano correndo de um lado para o outro de forma nervosa. É isso o que um cachorro está fazendo quando está pulando ou girando. Mas se ele estiver sentado tranquilamente e olhando para você, então ele está feliz.

Os cães sabem quando estão sendo bons?

Em um senso: eles sabem quando você está feliz com eles e conseguem fazer uma conexão entre o comportamento que estão tendo e a reação positiva de sua parte. É claro, os cachorros não possuem de fato uma definição de “bom”. Uma vez que eles vivem no momento, é mais uma questão de que eles pensem – mas não em palavras, na realidade –: “Não há nada de ruim acontecendo comigo agora?”. Essa é a única maneira real de uma autoavaliação por parte deles para saberem que estão agindo da maneira “correta”.

É por isso que a hora de se aplicar um corretivo no cachorro é tão importante. Você tem que ter certeza de que a bronca aconteça no instante em que o cão decidiu realizar aquele comportamento que você não deseja. Se o seu cãozinho fez xixi no tapete às duas horas e você começar a gritar com ele às três horas, ele nunca vai conectar uma coisa com a outra. Em vez disso, ele pensará que você está o punindo por qualquer coisa que ele estiver fazendo no momento em que você gritar.

Matthew Cobb

Cobb é professor de zoologia na Universidade de Manchester. Ele foi coautor de estudos sobre cachorros.

Os cães sabem quando estão fazendo seus donos felizes?

É um pouco complicado, já que isso gira em torno do que você quer dizer por “sabem”. Os cães conseguem detectar se você está feliz ou triste? Sim – você soa e se comporta de maneira diferente. Eles sabem o que isso significa? Existem evidências, então provavelmente “não”. Você pode explicar o comportamento por reforço. Cuidado com a interpretação humana – veja, por exemplo, o estudo do cão culpado.

Marjie Alonso

Diretora executiva, International Association of Animal Behavior Consultants. Também dona de um beagle.

Os cachorros possuem seu próprio entendimento do que se constitui como bom?

Existem duas coisas: a primeira é que eu não sei como estamos operacionalizando “bom”. Isso poderia significar “bem-sucedido” do ponto de visto do cachorro. Por exemplo, eu tenho essa beagle, que estava bem feliz consigo mesma quando mastigou um afinador de guitarras – foi incrível! Então minha definição de “ruim” e a definição dela de “bom” são diferentes.

Os cachorros sabem que seus donos os amam?

Certamente existe uma lealdade, e certamente existe uma história de fortalecimento, que é pra onde tudo isso vai: uma história de fortalecimento entre os animais e o humano, o que torna esse vínculo muito forte.

Quando falamos sobre lealdade, amor e todas essas coisas, pessoalmente, acho que elas existem. Vi vastas diferenças em como meu cão trata uma pessoa e outra na família. Não posso dizer exatamente como mensuramos o amor [de um cachorro], mas posso dizer que uma das maneiras que podemos enxergar o relacionamento entre um cão e um humano é a história do fortalecimento. Isso pode ser por meio de treinamento tradicional, pode ser recompensando o cachorro com um biscoito quando ele se senta. Mas pode ser também o fato de que gostamos de fazer carinho à noite – isso está criando um fortalecimento para nós dois.

Colleen Benson

Diretora de Comportamento Animal na Humane Society of Indianapolis

Os humanos podem fazer seus cães felizes?

As pessoas podem fazer algumas coisas envolvendo treinamentos interativos. Os reforços para cada cachorro podem ser diferentes, no entanto. Para um cão, a comida pode deixá-lo realmente animado e feliz. Para outro, [o reforço] poderia ser sua bolinha ou brinquedo favorito. Poderia ser tão simples quanto levar o animal para uma caminhada. A maioria dos cães gosta de um carinho no sofá ou de jogar algo para eles pegarem.

Ao contrário dos humanos, os cães não conseguem falar nenhum idioma, então eles nos contam as coisas por meio da linguagem corporal. Eles conseguem nos dizer se estão felizes ou assustados – sabemos ao vê-los abanando o rabo, por exemplo.

Os cães podem sorrir?

Eles certamente expressam pequenos sorrisos, mas eu não sei se é o mesmo que vemos nos seres humanos. Mas certamente é um pouco parecido pra gente.

Ilustração: Sam Woolley/Gizmodo