Se eu entrasse hoje no banco e visse um cidadão na frente de um caixa eletrônico fazendo gestos na frente da tela e, plim, o dinheiro saísse na máquina eu pensaria que 1) estamos no futuro, 2) quantos movimentos idiotas para sacar míseros 10 reais, hein, amigo? Mas tudo bem, isso não aconteceu hoje, mas pode acontecer em um futuro próximo, já que a Itautec exibiu hoje o Adattis Touchless 3D, seu caixa eletrônico que usa tecnologia tridimensional.

A Itautec apresentou o conceito hoje e se orgulhou ao dizer que o Adattis foi criado e patenteado pela empresa. Mas como ele funciona? O usuário precisa ficar postado de frente ao caixa e controlar as opções por gestos — não há detalhes de como será o software, mas imaginamos o formato clássico de clique no ar que os filmes futuristas, como Minority Report, adoram usar. Para não deixar a área de caixas eletrônicos parecem carnaval, o sistema impede que outras pessoas vejam o conteúdo de cada máquina,

O problema do Adattis Touchless é que ele teria que virar padrão de mercado, já que os cartões bancários teriam de ser atualizados. Para usá-los, a Itautec diz que um cartão com a tecnologia “contactless” é necessário — em miúdos, um cartão com um chip que é apenas aproximado ao caixa (NFC, talvez?). Segundo a empresa, o formato é mais difícil de ser clonado.

A Itautec, com o intuito de espalhar o formato, se apoiou bastante no quesito segurança, e menos na parte 3D — faz sentido, certo? Com o novo caixa eletrônico, vários deles seriam abastecidos por uma só fonte de dinheiro, por meio de canos. Hoje, cada caixa tem seu cofre, e ladrões já sabem que encontrarão dinheiro em qualquer um. No novo formato, o cofre pode ficar escondido por trás dos ATMs, em um local blindado. Mais segurança e um toque futurista na hora de sacar dinheiro? Aceito. [Info]