No Canadá, dois jovens astutos de 14 anos descobriram como driblar a segurança de um caixa eletrônico do Bank of Montreal. Parece loucura, mas para “hackeá-lo”, eles não precisaram nem de um computador: bastou olhar um manual na internet.

O Edmonton Journal relata que Matthew Hewlett e Caleb Turon procuraram o manual do usuário para o caixa do banco que fica em um mercado local. Então, eles conseguiram ativar o modo de administrador na máquina digitando uma das senhas padrão do sistema.

MAIS: Pesquisadores criam um caixa eletrônico que espirra líquido fervente na cara de ladrões

Felizmente para o banco, os adolescentes não estavam tentando roubar o caixa, nem instalar software malicioso para clonagem de cartões. Em vez disso, eles avisaram a funcionários de uma agência do banco que o caixa estava comprometido.

O máximo de danos que eles causaram foi mudar a tela de boas-vindas para: “Vá embora. Este caixa foi hackeado”. De acordo com o Edmonton Journal, Hewlett e Turon cooperaram com o banco, que não respondeu de forma mais ampla a questionamentos sobre segurança.

Essa história acabou bem, mas é triste notar que essa idiotice em senhas persiste não apenas em caixas eletrônicos, mas em todo tipo de sistemas de segurança. E quem usa uma senha padrão em qualquer lugar está pedindo para ser invadido. [Edmonton Journal]

Foto por Catatronic/Flickr