Um dos nossos informantes trabalhando no front das operadoras nos mandou algumas telas da agenda de lançamentos da TIM para o último trimestre do ano, com algumas novidades bem interessantes. Entre elas, o Samsung Galaxy W e o Omnia W (respectivamente Android e Windows Phone de bom custo-benefício) e o Nokia N9 a um preço potencialmente absurdo, como já desconfiávamos. Tem mais.

A informação nos pareceu legítima e bate com rumores que temos ouvido em outros lugares. O que você pode esperar para os últimos três meses do ano:

 

Motorola Defy+ – A atualização do Defy tem processador de 1 GHz, câmera de 5MP e Android 2.3 em uma tela de 3.7”. Mas o que mais impressiona nele é a sua resistência: ele chega a aguentar 10 minutos submerso. Deve chegar na primeira semana de outubro na faixa dos R$ 1.100.

 

Sony Ericssonn Neo V – Junto do N8, será o aparelho mais bonito por menos de R$ 1.000 (na minha opinião, é claro). Ele tem processador de 1 GHz com Adreno 205, Android 2.3.4 e saída mini-HDMI. Ele é na verdade um downgrade do outro Neo anunciado, que tinha uma câmera de 8MP (este tem 5MP – a justificativa da SE é que as fábricas de câmeras no Japão foram abaladas pelo terremoto). Mas o preço é mais interessante. Segundo nossa fonte, custará entre R$ 800 e R$ 900, e também aterrissa por aqui na primeira semana de outubro.

 

Nokia 500 – Da lista, é o aparelho que eu mais tenho vontade de comprar. É sério. Como 90% das pessoas que eu conheço que tem parentes morando em outra cidade, tenho um chip da TIM para fazer interurbanos baratos – e usar nos Androids que testo. O Nokia tem o acabamento reconhecido dos finlandeses, ridiculamente leve com 93g, processador de 1 GHz que, mesmo sem GPU pode quebrar o galho, GPS, câmera Nokia de 5MP, 3G e tudo que você precisa (além das essenciais capas coloridas). Se efetivamente chegar na última semana de outubro por R$ 500, como nosso informante relata, temos uma opção bem interessante.

 

Samsung Omnia W – O nome Omnia pode gerar calafrios a alguns, mas a Samsung está mantendo a sua marca de Windows Mobile para o que parece ser o primeiro Windows Phone 7 a chegar ao País. Com tela de 3,7”, processador de 1 GHz e câmera de 5MP, ele é uma espécie de downgrade do Omnia 7, que saiu junto do sistema mobile da Microsoft há 1 ano. Pô, Samsung, atualiza as coisas aí. Por R$  1.300-R$1.400, preço reportado, não parece de todo um mau negócio, considerando o preço astronômico da concorrência. Mas por um pouco a mais há o SII e outras coisas mais apetitosas.

Nokia N9 – O controverso aparelho, que nós acreditamos que por mais que tenha várias ótimas sacadas, vai ser uma curiosidade de fãs da marca (e outros acreditam que fará sucesso) aparentemente será lançado primeiro no Cazaquistão, terra de Borat. Não aparecerá nos EUA ou Reino Unido, mas, mesmo importado, tem passagem marcada para o Brasil para o finzinho de novembro, ao preço de R$ 2.200-R$ 2.300. Mesmo que ele custe cerca de US$ 700 lá fora, acho um valor um bocado alto, apostaria mais no preço do N900, que chegou aqui por R$ 2.000. De todo modo, ao lado de Galaxies e iPhones, sem dúvida encalhará.

Há outros aparelhos na listinha e printscreens que vimos, mas por enquanto nada do Nokia com Windows Phone nem o iPhone 5. Não há dúvida que eles chegarão este ano, mas o segredo ainda é grande, ao que parece. É isso que temos por enquanto. O que parece mais interessante a vocês?

* Obrigado, fonte!