Dias antes da Páscoa, um coelho com dois metros de altura foi visto flutuando pelas ruas de Volta Redonda (RJ). Fenômeno sobrenatural? Espírito vivo da Páscoa? Na verdade, não: é um alerta para você ficar esperto com câmeras de segurança.

Tudo começou com uma festa. Um universitário comemorava seus 22 anos, e às 4h da manhã foi com amigos até uma praça no centro da cidade – e a praça estava decorada para a Páscoa com o tal coelho enorme de pelúcia. Os amigos estavam tirando fotos com o boneco, mas o aniversariante queria mais. Era 4h da manhã depois de uma festa: uma situação pronta para algo bizarro acontecer.

Só consigo imaginar que o aniversariante olhou para o coelho, o coelho olhou de volta… e o cara teve a ideia de gênio: “vou levar o coelho de presente”, ele deve ter pensado. Todo mundo começou a levar o boneco até um carro. O coelho não coube no porta-malas. Aí o cara resolveu voltar pra festa a pé, às quatro da manhã, levando o coelho.

Só que tudo foi capturado por câmeras de segurança, espalhadas pela cidade e monitoradas pela polícia. Felizmente para nós, o cara passou pela câmera em tal ângulo que o coelho parece estar voando baixo. Infelizmente para o aniversariante, ele foi preso e autuado em flagrante por furto – mas os amigos fizeram vaquinha para juntar os R$680 de fiança, e ele foi solto. O coelho, por sua vez, foi devolvido na delegacia e deve estar de volta à praça.

Ah, câmeras de segurança: onde vocês estão, e o que vocês me veem fazendo? O que elas viram você fazendo? E ainda tem gente aí preocupada com o Street View pegar você no flagra… Minha única preocupação agora, além de fugir das câmeras, é ver o vídeo acima no replay infinito em GIF. O vídeo completo está no link a seguir: [UOL e G1]