Carros inteligentes são o futuro, certo? Eles nos levarão a qualquer destino escolhendo o melhor caminho, dirigindo sozinhos e tomando medidas para evitar acidentes. Mas os carros inteligentes já começam a se voltar contra nós. Contra a Ana Maria Braga, pelo menos.

Assista ao vídeo clicando aqui.

Hoje de manhã, enquanto a apresentadora do Mais Você conhecia o carro inteligente desenvolvido pela Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo), parece que alguém executou um comando que desativou o freio de mão no carro, estacionado em uma descida.

Ana Maria tentou fugir da ameaça inteligente – “sai! sai! sai!” – mas não deu: a porta aberta do carro atingiu em cheio as costas da global.

Quem está por trás disso? Sim, porque não pode ter sido um mero bug do carro, controlado “através da máquina que é o computador”, como Braga brilhantemente explica. Ele possui um supercomputador no porta-malas, com o desempenho de 30 notebooks, que você controla por um aparelho ao lado do banco.

Ele identifica placas de trânsito, obstáculos e pessoas através de um sensor que lança raios laser para criar um mapa dos arredores, além de oito câmeras de vídeo que ajudam o supercomputador a tomar decisões – andar mais rápido, girar o volante, atacar humanos etc.

Quem estiver envolvido no golpe certamente não queria economizar: o protótipo da Ufes custa R$ 500 mil, incluindo o carro e as tecnologias usadas nele. Será que queriam eliminar a Ana Maria Braga para sobrar mais tempo pro programa da Fátima Bernardes? Será que o Louro José – no conforto do estúdio enquanto sua parceira era atacada – queria o programa só para ele? Não sabemos, mas suspeitamos que, por trás disso tudo, há alguém ainda mais esperto que este carro inteligente. [YouTube; G1; A Tribuna]