A polícia prendeu um físico de 32 anos do Grande Colisor de Hádrons (LHC) da CERN, alegando que ele possui ligações com o grupo terrorista Al-Qaeda. Porque a gente já não tem muita gente falando que o LHC trará o apocalipse, e porque o troço já nem falha por si só.

Clique para ver a imagem acima animada

De acordo com o jornal francês Le Figaro, fontes judiciais dizem que o homem — que trabalha como físico de partículas desde 2003 — tem ligações com grupos da Al-Qaeda no Magreb islâmico. O Figaro disse que ele sugeriu alvos terrestres para ataques terroristas na França. Não se sabe, no entanto, se a lista de alvos incluiria o LHC.

Em declaração pública, a CERN logo falou que o LHC é pacífico, e que nenhum terrorista poderia ganhar com ele:

Nenhuma parte de nossa pesquisa tem potencial para aplicação militar, e todos os resultados são publicados abertamente, em dominio público.

De fato. Deixem a CERN trabalhar em paz e consertar o LHC para a gente não ter que fazer a lição de casa.

E uma mensagem para todos aqueles tentando prejudicar os outros no mundo, como o Osama e cia.: Vão tudo se f***r. [Daily Mail]