A ideia clara do pacote é eliminar a série de contratos que você faz com diversas prestadoras de serviço para ter só um grande provedor — ou melhor, três deles — em um pacote gigantesco. Por pacote gigantesco, entenda: televisão em HD, internet de 10 Mbps, telefone fixo, plano de smartphone, modem 3G para acesso móvel e acesso à rede Wi-Fi que as empresas disponibilizarão na cidade de São Paulo (com promessa de expansão para 2012).

O preço do pacote inicial é de R$399 e garante TV com 16 canais HDs e 2 pontos, telefone fixo com 100 minutos, plano de celular com 200MB de internet, 100 torpedos, 100 minutos e 2 linhas, internet de 10 Mbps e modem 3G com plano de dados de 2GB. Eu não sei quanto a vocês, mas se eu juntar todos os serviços que eu pago e estão inclusos no pacote, o valor final é mais alto do que essa oferta. Segundo as empresas, a economia é de 30%. A única parte estranha é os combos mais caros — que podem chegar a até R$699 — continuam com os 10 Mbps de internet cabeada (e não vem com batata grande!).

Apesar dos números interessantes, há um problema de clientela: para muitos, será preciso trocar de operadora, de provedor de internet ou de televisão para adentrar o pacote, e isso pode ser uma dor de cabeça. Mas para quem já vive com smartphone da Claro e TV da Net, por exemplo, um pacotão to rule them all é uma boa opção para economizar uma bela grana. Esperamos que essa união sinistra incomode muita gente — leia-se as outras empresas — a ponto de novas parcerias surgirem. Vivo e Telefônica, por exemplo, provavelmente já devem estar maquinando uma resposta para a parceria. Confira abaixo todos os planos do Combo Multi e nos conte: você acha que vale a pena mergulhar em um pacote desses?