Este comercial em stop-motion para o Conselho de Leitura da Nova Zelândia me faz sentir orgulho de não ter comprado um Kindle ou um Nook, e me faz querer abrir um livro agora e aqui mesmo. De preferência um suspense neo-zelandês. [Arbora via TDW]