Se você não se convenceu com o iPad e você está cansado de esperar por tablets de outros fabricantes surgirem no mercado, tente colocar a mão na massa com um tablet que você mesmo pode fazer.

A Liquidware, uma empresa de hardware de código aberto, está vendendo um kit para montar um tablet (com entrega no exterior também). O tablet faça-você-mesmo é principalmente voltado para desenvolvedores que querem criar o tablet dos sonhos ou criar programas especializados.

"O tablet Beagle é um computador de mão de código aberto, modular e portátil", diz Justin Huynh, diretor de desenvolvimento de produto na Liquidware. "Trata-se de personalização e desenvolvimento para dispositivos móveis."

O kit para o tablet contém uma tela OLED de 4,3 polegadas que se encaixa diretamente em um BeagleBoard. O BeagleBoard é um computador em uma placa da Texas Instruments, que vem com processador de 1GHz. Também acompanham o kit um módulo de bateria e um cartão SD pré-formatado de 4GB que dá boot no Angstrom Linux. Mas os usuários podem também rodar Android nele, diz Huynh.

"Tudo é modular e se encaixa e se integra diretamente na placa, então você tem um dispositivo semelhante a um tablet e bastante compacto", diz ele.

Desde o lançamento do Apple iPad em abril, viu-se ressurgir a popularidade dos tablets. A Apple vendeu dois milhões de iPads em apenas 60 dias depois do lançamento do produto. Isto deixou outras empresas correndo para lançar seus próprios tablets.

Tanto a Samsung como a Research in Motion estão desenvolvendo tablets. No Reino Unido, a Dell já lançou seu primeiro tablet, chamado Streak, um dispositivo de cinco polegadas do tamanho de um PlayStation Portable, que também faz ligações.

Mas esses gadgets têm pouco apelo para quem gosta de mexer no software e hardware, diz Huynh.

"Com o iPad, você teria muita dificuldade em hackeá-lo para ler informações de um sensor especializado, como um sensor de temperatura, ou para adicionar seu próprio hardware customizado", diz ele. "O tablet Beagle tem tudo a ver com inovação."

Como o Beagle não tem armazenamento além do cartão SD, ele é extremamente leve, pesando apenas cerca de 230g. O usuário pode usar um cartão com maior capacidade ou plugar um disco rígido externo ou disco SSD através da porta USB na placa.

A duração da bateria do Beagle pode variar de três a seis horas, dependendo da sua aplicação, diz Huynh.

O tablet Beagle dá bastante trabalho, já que você precisa configurar tudo, desde o sistema operacional até os diferentes programas. Mas depois de configurá-lo, ele pode ser mais interessante que o iPad.

Foto: Liquidware

A Wired.com vem expandindo a mente coletiva com notícias de tecnologia, ciência e cultura geek desde 1995.