Ih, então isso aconteceu mesmo: não só você está com uma forte ressaca da noite passada, como você não consegue encontrar o celular. Será que ele ficou no bar? No táxi? Na sarjeta? Quem sabe! Mas não se desespere, há uma série de apps que sabem. Veja como encontrar o seu celular quando ele desaparecer.

Não há nenhuma garantia de que você vai recuperar seu dispositivo, mas estas dicas e apps vão fazer o possível para trazer de volta o que você perdeu. Ou, se a perda for permanente, eles garantem que ninguém terá acesso às informações dentro dele.

Android

find my phone (1)

Gerenciador de Dispositivos do Android

Não importa se seu smartphone foi perdido atrás do sofá ou em outro país: sua opção mais direta para encontrá-lo é o recém-lançado Gerenciador de Dispositivos Android (ADM). Ele permite aos usuários localizar e rastrear seus aparelhos, além de fazê-los tocar o ringtone e, se necessário, apagar remotamente seus dados, tudo a partir de um navegador web.

É possível ver seu dispositivo em um mapa, em qualquer lugar do mundo, dentro de um raio de 22 metros. Se ele estiver próximo, clique no botão Tocar: o celular toca no volume máximo, mesmo se ele estiver no vibracall ou silencioso.

E se você descobrir que não poderá recuperá-lo, o ADM permite apagar remotamente o conteúdo do dispositivo. No entanto, você precisa habilitar esta função antes: abra o app Config. Google, escolha “Gerenciador de disp. Android” e ative a opção “Permitir restaurar config. original remotamente”. (Isso não adianta se você já tiver perdido o celular.)

O ADM é totalmente gratuito e, provavelmente, já está instalado no seu aparelho – ele é ativado por padrão no Android 2.2 ou superior. A única desvantagem? Ele não permite bloquear remotamente seu celular. Suas únicas opções são fazê-lo tocar ou apagar tudo o que há nele.


find my phone (2)

Bit Defender Anti-Theft

Se você quer um meio-termo em relação ao que o ADM oferece, dê uma olhada no app Anti-Theft da BitDefender. Ele permite localizar e apagar seu telefone, assim como o ADM, mas permite bloqueio remoto também. Isso mantém o seu telefone seguro contra os olhares curiosos e os dedos errantes até que você possa pegá-lo.

Além do mais, o app da Bit Defender só pode ser desinstalado por usuários autorizados. Se alguém tentar driblar isso trocando o chip, o app envia o novo número para onde você quiser, força o celular a atender sua chamada, e em seguida, limpa o telefone remotamente via comando SMS.

Esses recursos extras não são gratuitos: você tem que desembolsar uma assinatura anual de R$ 9. Mas, dado que o serviço antirroubo completo vale para todos os seus dispositivos – laptops, celulares e tablets – esse parece um bom investimento.


lookout

Lookout

Outra opção freemium muito boa é o Lookout Antivírus & Segurança, da Lookout Mobile Security. Esta suíte de segurança protege o celular contra perda ou roubo, e fornece proteção contínua contra uma variedade de malwares.

Por R$ 7 ao mês (ou R$ 70 ao ano), você leva o serviço de antivírus, backup e restauração para salvar e carregar seus contatos do Google, fotos e histórico de chamadas, e uma série de opções antirroubo. Além das funções de localização, rastreamento e toque forçado, o Lookout também oferece o Sinalizador de Alerta, que salva a última localização conhecida do celular quando a bateria acabar, e o Lock Cam, que envia por e-mail uma imagem da pessoa que tentar incorretamente, por três vezes, desbloquear seu aparelho.


find my phone (3)

Plan B/Android Lost

Estas são ótimas opções, mas e se você perdeu seu celular sem instalar o app antes? Há o Plan B; no entanto, ele é compatível apenas com Android 2.0 a 2.3. Se você usa Ice Cream Sandwich ou Jelly Bean, precisa de uma alternativa: o Android Lost.

O Plan B é um app rastreador simples, instalado remotamente. Primeiro, vá até o Google Play no seu navegador web, encontre e instale o Plan B (ou clique aqui). Depois, espere dez minutos para ele fazer o download e instalar; em seguida, envie um SMS com a palavra “locate” para o seu celular, usando outro telefone. O app irá triangular a sua posição com base em sinais de GPS e Wi-Fi, e envia um só e-mail se ele estiver parado, ou vários de forma contínua por 10 minutos, se o dispositivo estiver em movimento. Você só precisa continuar enviando a mensagem “locate” até alcançá-lo (e torcer que a bateria não acabe).

Com o Android Lost, você faz algo semelhante. Abra a página do app no Google Play, clique em Instalar e ele será baixado remotamente no seu celular. Então envie um SMS para seu celular com o texto “androidlost register”. Abra o site do Android Lost, faça log-in com sua conta do Google e pronto: você consegue localizá-lo, ou ativar um alarme alto que faz a tela do aparelho piscar.


iOS

find my phone (4)

Buscar Meu iPhone

O serviço original de rastreamento para iOS ainda é a melhor opção. Este serviço gratuito localiza e rastreia o seu dispositivo Apple perdido ou roubado – não só iPhones, mas iPads e MacBooks também. Ele também faz o aparelho tocar um ringtone, exibe uma mensagem para quem encontrá-lo, e bloqueia ou limpa remotamente o aparelho por completo.

O serviço Buscar Meu iPhone funciona através do iCloud, então não é preciso instalar nada – ele já está embutido no iOS. No entanto, se você quer localizar seus outros dispositivos da Apple, há um app para isso: ele está disponível no iTunes. Também é possível acessá-lo via web.


prey ios

Prey/GadgetTrak

Para uma proteção um pouco mais avançada, o Prey oferece rastreamento por GPS, ativa um alarme alto mesmo se o iPhone estiver no silencioso, e permite usar a câmera para tirar fotos de quem o levou. Ele está disponível de graça e em português; para funções avançadas (criptografia SSL, suporte por e-mail) é preciso comprar um pacote anual in-app de US$ 30 ao ano.

GadgetTrak, por sua vez, oferece estas funções e ainda envia notificações push para fazer o ladrão revelar onde está. Ele custa US$ 4, mas isso é pouco se comparado a um iPhone novo.


Windows Phone

find my phone (6)

Localizar meu Telefone

O Windows Phone também tem um recurso embutido para localizar seu celular, o Localizar meu Telefone. Ele é gratuito e permite localizar seu aparelho em um mapa, fazê-lo tocar (mesmo se estiver no vibracall ou silencioso), bloquear o celular e exibir uma mensagem – com suas informações de contato, por exemplo – para quem o tiver. Também é possível resetar seu aparelho e apagar todos os dados remotamente.

Para usar esta função, vá até windowsphone.com, leve o mouse até o telefone no canto superior direito, e clique em “Localizar meu telefone”. O recurso funciona no Windows Phone 8 e 7.x.


Qualquer celular

video call 2

VoIP gratuito

Nem todas as situações de telefone perdido requerem um app completo para resolver: às vezes ele está debaixo de uma pilha de roupas, por exemplo. Pegue outro telefone emprestado e ligue para o seu.

Se não tiver um por perto, use um serviço de VoIP. Não é preciso comprar nem gastar créditos, e você pode usar o Google Hangouts, embutido no Gmail, para tanto.

No campo de bate-papo, clique no ícone do telefone. Você irá instalar o plugin para ligações – é bem rápido. Então siga as instruções:

  • disque o número gratuito +1800-283-1055;
  • disque 1 para receber instruções em português;
  • disque 1 para ligar a cobrar;
  • digite seu DDD e número de celular.

Este é um serviço da Embratel para que americanos liguem a cobrar para o Brasil. Cuidado para não atender o telefonema, ou será cobrada uma ligação a cobrar internacional, o que é bastante caro.

Se preferir, você pode baixar e instalar o Skype e seguir os mesmos passos acima. O Skype está embutido no Outlook.com, e você pode usá-lo instalando um plugin.


find my phone (2)

MissingPhones.org

Este é um tiro no escuro, mas vale tentar: é um achados e perdidos universal para smartphones. Pegue o IMEI do seu celular perdido, que fica na caixa (ou disque *#06# no seu aparelho e anote-o em algum lugar). Então, você pode registrá-lo no MissingPhones.org, e torcer que quem o encontrar conheça o site.

Prevenir é melhor que remediar

Por mais que estes apps e serviços sejam úteis, suas melhores chances de sucesso virão antes mesmo de você perder seu celular.

Coloque suas informações de contato em algum lugar no seu celular que seja facilmente acessível. Você pode colar fita crepe na traseira e escrever seu e-mail (só se você usar uma capinha!), ou colocar algo na tela de bloqueio, por exemplo. Isso melhora as chances de conseguir o celular de volta, pois quem o encontrar terá como entrar em contato.

E use outro telefone quando sair para ficar bêbado. Se você tem um celular velho por aí, não jogue fora. Em vez disso, use-o nas noites em que você sabe que vai ficar, bem, propenso a perder seu celular. Coloque o chip no aparelho antigo, e pronto: seus amigos ainda poderão ligar para você, e perder o celular não será um aborrecimento tão grande.

Em caso de roubo, bloqueie

Se você perdeu o celular de vez, faça o bloqueio. Pegue o IMEI do aparelho – na caixa, nota fiscal ou discando *#06# – e ligue para a operadora. Não é preciso boletim de ocorrência. Feito isso, ele entra no Cemi (Cadastro de Estações Móveis Impedidas), cadastro único que registra aparelhos roubados para impedir que eles sejam habilitados com novas linhas.

Aproveite também para bloquear a linha, e evitar que o ladrão gaste seus créditos ou gere cobranças indevidas – basta ligar para sua operadora. Feito o bloqueio, você pode manter o serviço suspenso por 60 a 150 dias sem risco de perder o número.


Infelizmente, não há uma solução única e perfeita para recuperar seu celular. Os apps e técnicas descritas acima lhe darão uma chance de reavê-lo, no entanto. Até lá, deixe seu telefone perto de você e não saia do bar sem ele.

Colaborou: Felipe Ventura. Imagem de capa: Shutterstock/tomasovic_net