Este é Michael Mann. Semana passada, em uma compra compulsiva que durou menos de 24 horas, ele registrou 14.962 domínios. Ele pretende revendê-los a um preço inflado para ganhar muito dinheiro – é assim que a empresa dele consegue faturar US$400.000 todo mês.

Segundo a CNET, Mann entrou no negócio de revender domínios no final dos anos 90, quando ele tirou a sorte grande e vendeu um domínio por US$50.000 – pelo qual ele pagou só US$70. Desde então, ninguém o segura. Ele abriu uma empresa chamada BuyDomains, que ele vendeu em 2005 por US$80 milhões. Agora ele abriu o DomainMarket.com, uma empresa que fatura US$400.000 mensais.

Como ele escolhe os domínios a comprar? Boa parte do processo é automatizado: usando filtros,  ele cria nomes de domínio baseados em palavras-chave com destaque no Google. Mas é Mann quem decide os domínios a comprar. Ele explica à CNET:

Nós temos um filtro, mas eu sou o filtro humano mais eficiente do mundo para esse tipo de coisa. Eu não acredito que alguém consiga ler listas enormes com nomes de domínios tão rápido quanto eu e entender o que está lendo. Eu sou um leitor de padrões. É uma trabalheira enorme, mas é o que eu faço para ganhar meu dinheiro.

Depois de escolher o domínio, a compra é completamente automatizada. Na última compra compulsiva, ele arrebatou domínios como CeoHealthClub.com, ChineseFoodCatering.com e BaptistChurchCamp.com. Ele espera transformar seu gasto de US$100.000 nos 14.962 domínios em uma pequena fortuna – e pelo que ele já fez, provavelmente vai conseguir. [CNET]

Foto do Facebook via CNET