Nós já vimos algumas ótimas aplicações do design na cozinha, e até utensílios simples e tradicionais podem ficar melhores dessa forma. Estas panelas da britânica Lakeland, por exemplo, têm um formato estranho que distribui melhor o calor, cozinha mais rápido e consome menos energia.

As dilatações da Flare Pan são feitas de alumínio fundido e aço inoxidável. Ela foi desenvolvida pelo engenheiro aeroespacial Dr. Tom Povey, da Universidade de Oxford, e promete cozinhar alimentos cerca de 44% mais rápido do que o design tradicional – e usando 30% menos gás.

Por dentro, a panela tem o formato convencional: ela é lisa, ou seja, você vai lavá-la como qualquer outra, sem ter alimentos grudando nos cantos (ela também é antiaderente).

lakeland flare pan (2)

Mas por fora, seu formato canaliza de forma eficiente o calor do fundo da panela para os lados, aquecendo tudo uniformemente em todas as direções, e reduzindo o tempo de cozimento. Povey diz ao Washington Post:

Quando as pessoas fervem ou cozinham algo, eles só conseguem ver a chama… Mas, além disso tudo há o gás quente subindo ao redor da panela, que pode ser capturado e usado para aquecer a água ou os alimentos muito mais rápido.

É um daqueles momentos “por que nunca pensei nisso antes!”, mas são poucos com um diploma de Oxford e um conhecimento em termodinâmica que podem tornar isso uma realidade. Felizmente, você não precisa dessas credenciais para usar as panelas: elas custam entre R$ 190 e R$ 330 (mais R$ 165 de frete para o Brasil…), e serão entregues a partir de 25 de agosto. [Lakeland via Washington Post e Wired]