Stephen Hawking, um cientista brilhante, tem uma mensagem simples para para a humanidade quando se trata de contatar o E.T.: melhor não falar com ETs. Ele tem uma visão pessimista sobre extraterrestres em seu novo documentário, onde ele avisa que nós seríamos os índios e os aliens seriam Cristóvão Colombo.

Que desagradável! Mas realista, na mente matemática de Hawking, especialmente se olharmos para nós mesmos quando imaginamos como seria a aparência de um ET e como ele iria se comportar.

"Nós teríamos que olhar para nós mesmos para ver como vida inteligente pode se desenvolver em algo que não queremos encontrar. Eu imagino que eles existam em naves gigantescas, e tenham consumido todos os recursos do planeta natal deles. Esses aliens avançados iriam se tornar talvez nômades, procurando conquistar e colonizar todo e qualquer planeta que eles possam alcançar." Ele conclui que tentar fazer contato com raças alienígenas é "um pouco arriscado demais". Ele disse: "Se alienígenas um dia nos visitarem, eu acho que o resultado seria parecido com quando Cristóvão Colombo desembarcou na América, o que acabou não sendo muito bom para os índios americanos".

Felizmente, este é o cenário pessimista, já que Hawking teoriza que a maior parte da vida extraterrestre seriam micróbios ou outras formas simples — semelhante aos tempos primordiais da Terra, centenas e centenas de milhões de anos atrás. Tudo bem, eu acho, desde que a versão alien da microbiologia não tenha acesso a raios da morte. [Times Online via Boing Boing]