Há uma regra geral com discos rígidos: gire mais rápido, tenha melhor desempenho, use mais energia. Discos rígidos “verdes” seguem o caminho oposto: giram mais devagar e usam menos energia. É o caso do novo Barracuda LP, da Seagate.

Sua taxa de RPM é de 5.900 RPM – entre os padrões para drives de laptops (5.400 RPM) e desktops (7.200 RPM). Essa redução de 18% na velocidade é o meio pelo qual ele consegue a maior parte da economia de energia em relação a discos comuns. O que significa que ele combina menos com a sua configuração gaming de alta performance do que com um NAS ou um PC simplesmente dedicado a armazenamento de mídia. [Cnet]