Às vezes um movimento de câmera único consegue produzir cenas fascinantes, sem precisar de efeitos especiais ou semanas de pós-produção. Para o curta Low Earth Orbit, o pessoal da produtora de Hong Kong Visual Suspect fez um voo de drone em uma órbita enorme para capturar essa tomada aérea de dar tonturas, lá na ilha de Folegandros, na Grécia.

O curta também é uma chance de enxergar o mundo do ponto de vantagem das aves de rapina, que muitas vezes voam em círculos lentos enquanto caçam. Só não conseguimos ter a sensação do bote, mas é para isso que temos a National Geographic.

[Vimeo]