A fábrica produzirá touchscreens para aparelhos da Apple e outras marcas, além de telas LCD para televisores. Eike diz que serão investidos US$2,5 bilhões na fábrica, dos quais meio bilhão de dólares virão da EBX. Semana passada, Eike anunciou no Twitter que conversou com Tim Cook, CEO da Apple, “sobre a montagem com a Foxconn de [produtos da Apple] no Brasil, para oferecer produtos a custos civilizados”.

A EBX diz que a fábrica deve ser instalada em Minas Gerais, e o governo do estado confirmou as negociações. Segundo fonte anônima no jornal Estado de Minas, a fábrica será instalada na Região Metropolitana de Belo Horizonte – “Ribeirão das Neves, Confins ou São José da Lapa são as candidatas mais fortes”, diz a fonte. De acordo com a Folha, a fábrica estava sendo disputada pelos governos de MG e RJ.

A Foxconn tem fábrica em Jundiaí (SP) que – como revelamos com exclusividade – já testa a fabricação de iPhones. No entanto, a empresa não confirma se está produzindo iPads e iPhones em massa no Brasil. [G1, Folha e Estado de Minas]