O último laboratório fotográfico do mundo a possuir os raros químicos necessários para revelar o filme Korachrome da Kodak fechou mês passado, mas não sem antes aceitar um último serviço contratado por Jim DeNike: revelar os 1.580 rolos do filme fotográfico que ele ainda tinha espalhados pela casa. Adivinha do que eram as imagens?

Trens. Muitos e muitos trens. A revelação das 50.000 fotos custou ao bom homem US$ 15.798. DeNike, que trabalha com ferrovias no estado americano do Arkansas, fez uma pequena de viagem de carro até Wichita, Kansas, para encomendar a revelação antes que a oportunidade se perdesse. O dinheiro veio às custas da poupança de aposentadoria do pai dele, da qual DeNike pegou emprestado. [NY Times via PC Mag via Peta Pixel]