Não existe nada pior do que imaginar alguém roubar o seu laptop, exceto imaginar alguém batendo os pezinhos enquanto navegam pela sua vida digital. Agora a Ericsson e a Intel estão desenvolvendo uma solução.

As duas empresas estão trabalhando em uma chave de kill remoto para laptops. Carregado tanto com HSPA quanto GPS, o laptop pode ser desativado por SMS e localizado globalmente caso seja roubado. Um laptop desativado não dá boot e softwares comuns são capazes de lidar com os aspectos de encriptação extra dos dados.

Claro, um ladrão perito em tecnologia ainda conseguirá contornar algumas ou mesmo todas estas medidas de proteção. Mas se uma quantidade suficiente de computadores puder integrar a tecnologia, os cartões poderão pelo menos servir de freio ao roubo. Agora a gente só precisa que a Ericsson e Intel desenvolvam um alarme detestável e uma enorme luz irritantemente piscante. [Marketwire]