Humanos e os possíveis antílopes não são os únicos seres que estão treinando a vista durante a Copa do Mundo na África do Sul. Na verdade, alguns espectadores artificiais também estão, flutuando no céu, centenas de quilômetros acima e em órbita. Estas são suas histórias.

Ok, na verdade eles não têm história nenhuma, porque eles são satélites. Mas eles têm imagens. Principalmente de cada um dos estádios – alguns completamente novos e bem impressionantes – que estão sediando as partidas da Copa do Mundo.

A foto acima é do belíssimo e novinho em folha Estádio Moses Mabhida, localizado em Durban. Lá serão jogadas as semifinais. Seu design é uma homenagem à bandeira da África do Sul, com o arco proeminente com duas linhas simbolizando a união – algo importante se você conhece a história complicada da África do Sul no passado. E você deveria conhecer.

O resto dos estádios, todos na visão dos olhos de um pássaro, podem ser vistas nesta página do Flickr. E não, o frango do goleiro inglês Green, mesmo gigantesco, não pode ser visto do espaço. [Digital Globe via Flickr via MSNBC]