Os braços robóticos estão aí há anos, as impressoras 3D estão aí há décadas, e nós já vimos até mesmo Impressoras 3D ligadas a braços robóticos antes. Mas este é… diferente.

Em Xangai, um grupo de designers que participavam de um “workshop sobre futuro digital” desenvolveu uma impressora 3D diferente de tudo que eu já vi. A premissa básica da concepção é a seguinte: a impressão 3D nunca será tão boa quanto esperamos, porque ela depende da gravidade — ela não pode imprimir “estrutura” além do sistema primitivo camada-sobre-camada-sobre-camada.

O grupo queria resolver isso através da construção de uma impressora que pudesse realmente imprimir estruturas no espaço 3D sem que elas caíssem.

braco robotico 01

E para fazê-lo, eles olharam para a estrutura microscópica de dentro da teia de aranha, que usa enlaça os fios para criar “nós” que estabilizam uma linha reta no centro (você pode ver uma imagem legal feita com um microscópio eletrônico aqui).

Obviamente, há poucas impressoras 3D na Terra que podem imprimir fios microscópicos. Assim, usando cabeças de impressão convencionais, a equipe recriou o fio da aranha em uma escala visível. O braço robótico foi equipado com uma cabeça de impressão estável no seu centro e, em seguida, foi cercado com três cabeças de impressão em movimento.

braco robotico 02

Quando imprime, estas três cabeças criam uma estrutura semelhante a uma trança ao redor do único fio central — o que torna possível imprimir no ar sem que a coisa toda se desmanche por causa de seu próprio peso.

[vimeo 117134365 740 416]

Em movimento, parece que o braço está tecendo no ar. É fascinante saber que ele está mais ou menos copiando o mesmo processo que ocorre naturalmente dentro do corpo da aranha. [Prosthetic Knowledge; Behance]

braco robotico 03