Quando os devastadores terremoto e tsunami atingiram o Japão ano passado, ele criou mais de 22 milhões de toneladas de detritos — mais ou menos o tamanho da California. Entre o que sobrou dos pontos atingidos estava esse navio fantasma, um barco pesqueiro de lulas de 45,7 metros encontrado, um ano depois do tsunami, próximo da costa do Canadá.

Avistado por aviões a cerca de 190 km da costa canadense, o barco pesqueiro japonês é de fato um navio fantasma — ninguém está em seu controle e não há uma pessoa sequer a bordo. O dono do barco confirmou que ele é do Japão e disse às autoridades canadenses que ele foi perdido durante o tsunami. O mais incrível e estranhamente inquietante é que o navio sobreviveu um ano inteiro e a uma viagem de aproximadamente 8 mil quilômetros intacto. O navio está, claro, bem detonado, é isso o que a Mãe-Natureza faz, mas ele ainda funciona e, enquanto conversamos aqui, segue a caminho do Canadá.

O navio fantasma marca o primeiro grande sinal de detritos pós-tsunami do Japão. Até então, garrafas japonesas e outros itens pequenos tinham chegado à costa norte-americana, mas com os oficiais estimando em quase 2 milhões de toneladas a quantidade de detritos que conseguirá atravessar o oceano, não deve demorar muito para outras coisas mais surpreendentes aparecerem na América do Norte. Na realidade, os oficiais estão confiantes de que outros barcos fantasmas como esse surgirão.

Os cientistas que têm analisado padrões de ventos e águas marítimas acreditam que a maior parte dos detritos atingirá a costa norte-americana em 2014, mas há um grupo deles que diz que já em outubro desse ano acontecerá o desembarque. Prepare-se, América. [Telegraph.co.uk, Vancouver Sun]