Segundo o Financial Times, agências regulatórias dos EUA estão planejando fazer uma investigação antitruste na plataforma de propaganda móvel da Apple, o iAd. O problema: os termos e condições o iAd permitem a Apple deixar o Google completamente fora desse enorme mercado em potencial.

Já está claro há algum tempo que a FTC – agência regulatória americana que combate práticas anticompetitivas – está de olho no iAd. Mês passado, por exemplo, o espectro da presença do iAd fez com que o Google conseguisse comprar a AdMob sem violar qualquer lei antitruste. E apesar da presença da AdMob não tornar o iAd um monopólio, isso não é desculpa para o comportamento anticompetitivo da Apple – comportamento sobre o qual a AdMob e outros reclamaram recentemente.

O que não está claro é se a investigação vai levar a alguma coisa, e nem quem vai fazê-la – se a FTC ou o Departamento de Justiça. Os detalhes no Financial Times são escassos, e a Apple não comentou. Mas se e quando o caso for iniciado, vai ser ótimo ver como as coisas se desenrolam. [FT via Engadget]