O Facebook anunciou, não faz muito tempo, que daria mais transparência às mudanças que faz no Feed de Notícias. No segundo post detalhando mudanças que virão, o alvo são as páginas. Mas não se engane: não são as páginas de memes que estão na mira do novo algoritmo, mas as de conteúdo ruim. E sim, há uma diferença entre os dois tipos.

O objetivo dessa atualização no Feed de Notícias é destacar “conteúdo de qualidade” que, para o Facebook, é o material que vem de fontes confiáveis, é relevante e instiga as pessoas a compartilhar sem que a página faça aquele incentivo barato e escrachado — o famoso “se gosta de ‘A’, curta; se gosta de ‘B’, compartilhe”, dentre outras práticas constrangedoras.

A lista de perguntas que os administradores devem se fazer antes de publicar algo incluir ali “memes”, mas esse parece ser um tópico circunstancial, não o alvo das mudanças. Porque, vá lá, você talvez não goste, mas há páginas originais e divertidas de memes. Esse esforço do Facebook visa entregar aos usuários conteúdo mais refinado, que gere maior engajamento e menos respostas negativas, como ocultar a atualização do Feed.

Isso fica claro pela hierarquização das perguntas que o Facebook fez em sua pesquisa: são seis perguntas, e a questão dos memes aparece em quinta. Muito mais importante são as questões relacionadas à relevância e à confiança na fonte de informação – algo que, cada vez mais, requer cuidado por parte dos algoritmos (e também das pessoas que compartilham, claro).

Tanto é assim que, no final do anúncio, Varun Kacholia escreve:

“Para a maioria das páginas o impacto deve ser relativamente pequeno, mas Páginas que estão vendo um bom engajamento em seus posts deverão notar um aumento no alcance. O resumo disso tudo é que a estratégia da sua Página deve continuar a mesma: produzir conteúdo de alta qualidade e otimizá-lo para engajamento e alcance.”

Em testes feitos com uma pequena amostra da base de usuários, o Facebook reparou um aumento significativo nas interações positivas dos usuários com o conteúdo melhor selecionado. Como já dissemos antes, o Feed de Notícias é um eterno trabalho em andamento e o Facebook tem muito interesse em mantê-lo atraente para segurá-lo ali dentro. Elevar a qualidade do que aparece no seletivo Feed de Notícias faz parte do jogo e com essas mudanças só perde quem publica conteúdo ruim, plagiado ou apelativo. Ou seja, só perde quem merece. [Facebook]