Enquanto nossos recém-eleitos líderes fazem tudo possível para reverter regulamentações ambientais, o futuro cada vez mais se configura como uma distopia coberta de nevoeiro com fumaça. Mas nem todo progresso científico foi freado. Cientistas da Universidade Nacional de Singapura criaram uma tela de janela transparente que filtra essa névoa de poluição e que pode fazer nosso futuro respirar um pouco melhor.

• Este jogo de dardos com sensor de movimento vai garantir que você não erre mais o alvo principal
• O maior avanço científico de nosso tempo é essa garrafa que não derrama vinho

O problema de filtros de ar tradicionais é que eles não bloqueiam apenas a maioria do ar que eles deveriam livrar de poluentes, precisando de poderosos ventiladores para melhorar o fluxo de ar, mas também bloqueiam a luz. Não tem problema em construções que se escondem atrás de sistemas de aquecimento e refrigeração, mas é inútil para as janelas da sua casa, que atualmente usam telas apenas para impedir insetos de entrar.

Usando um composto químico chamado ftalocianina, mais comumente usado para tingir tecidos, os cientistas da Universidade Nacional de Singapura criaram moléculas orgânicas que se auto-organizam em nanopartículas e eventualmente nanofibras mais longas. A solução é de fabricação barata e pode ser facilmente aplicada em malhas finas já existentes e outros materiais não-tecidos, onde se organiza nessas nanofibras enquanto seca.

Os filtros resultantes são capazes de remover até 90% dos poluentes e partículas danosas que medem menos de 2,5 mícrons, que podem causar problemas respiratórios e outras complicações de saúde. Ao mesmo tempo, os filtros permitem duas vezes e meia mais ar purificado passarem através deles, comparados com filtros tradicionais.

Mas isso é só uma fina malha tratada com a nova solução. Se você deixar mais grosso, ou fizer camadas de filtros, sua habilidade de remover partículas danosas aumenta ainda mais, dizem os pesquisadores, que publicaram sua invenção que aguarda a patente na publicação Small.

O outro benefício inesperado desses novos filtros é que eles podem ser finos o bastante para permitir que a luz passe através deles, o que significa que podem ser usados para substituir as telas da sua casa. Então, mesmo que você viva em um populoso centro urbano com altos níveis de poluição e nevoeiro, você ainda pode deixar suas janelas abertas para receber um sopro de ar fresco.

[National University of Singapore via New Atlas]