Astrônomos restauraram o zodíaco babilônico original, recalculando as datas que correspondem a cada signo para acomodar as sutis mudanças milenares do eixo da Terra. E é agora que vocês que curtem um horóscopo entram em pânico.

Eis os signos do zodíaco, do jeito que os antigos babilônios imaginaram – com as datas correspondendo ao tempo do ano que o sol está em casa “casa” das constelações – de acordo com Parke Kunkle, do Minnesota Planetarium Society:

Capricórnio: de 20 de Janeiro a 16 de Fevereiro
Aquário: de 16 de Fevereiro a 16 de Março
Peixes: de 11 de Março a 18 de Abril
Aries: de 18 de Abril a 13 de Maio
Touro: de 13 de Maio a 21 de Junho
Gêmeos: de 21 de Junho a 20 de Julho
Câncer: de 20 de Julho a 10 de Agosto
Leão: de 10 de Agosto a 16 de Setembro
Virgem: de 16 de Setembro a 30 de Outubro
Libra: de 30 de Outubro a 23 de Novembro
Escorpião: de 23 de Novembro a 29 de Novembro
Serpentário:* de 29 de Novembro a 17 de Dezembro
Sagitário: de 17 de Dezembro a 20 de Janeiro

* Descartado pelos babilônios, já que eles queriam exatos 12 signos por ano.

Eu nasci originalmente em Virgem, e como ele é o signo mais sem graça do zodíaco – apesar de chutar bundas no Cavaleiros do Zodíaco – eu me neguei a acreditar em astrologia e proibi todas as pessoas próximas a mim de curtirem horóscopos. (Minhas necessidades repreendidas me fazem querer destruir uma visão do mundo inteiro por eu não gostar do jeito que ele é coisa típica de virginiana, me disseram uma vez). Se eu realmente mudei de signo para Leão, quem sabe essa visão não muda? [Star Tribune, Fox News, WTHR via LadyE. Imagem via Shutterstock.com]