Eu sinceramente não sei se ficaria muito animado em voar tão próximo a um vulcão ativo expelindo lava como nesta foto do Your Shot da National Geographic. Sei que o avião não está voando em cima da lava, mas vai saber quando a Terra enlouquecerá e jogará essa coisa extremamente quente para todo lado? Para o fotógrafo Baldur Sveinsson, porém, era só mais um dia de trabalho.

Todo islandês já viu isso desde o dia em que os terremotos sob o vulcão Bárðarbunga na geleira Vatnajökull começaram. Um piloto, amigo meu, queria dar uma olhada na erupção, que fica a cerca de uma hora de Reykjavík. Não conseguimos encontrar outro avião que pudesse nos acompanhar, mas decidimos ir assim mesmo, já que quase sempre tem alguém pela vizinhança. Encontramos um voando do norte para o sul. Ele está pelo menos 300 metros à frente do esguicho de lava.

300 metros! Parece bastante, mas ainda assim perigosamente perto de algo que pode explodir sem qualquer alerta.