Em julho, quando o iPad Mini ainda não era oficial, surgiu um rumor de que ele seria fabricado no Brasil. E nesta quinta-feira, a Foxconn recebeu autorização do Ministério de Ciência e Tecnologia para montar um novo iPad no Brasil com benefício fiscal – mas sem revelar qual o modelo do tablet. Será o iPad Mini?

Na autorização, não consta o modelo do iPad: para tentar manter sigilo, ele foi protocolado com um nome fantasia. Ou seja, pode se tratar do iPad 4 ou do iPad Mini.

Para a Foxconn, trazer a montagem do iPad 4 ao Brasil deve ser bem mais fácil: afinal, pouco mudou em relação ao modelo anterior, e o iPad 3 já é fabricado em Jundiaí (SP). Mas por que a Foxconn faria sigilo sobre montar o novo “novo iPad” em terras brasileiras?

Talvez o rumor estivesse certo, e o iPad Mini seja fabricado no Brasil. Mas há alguns poréns: ele é um produto bem diferente para se fabricar, então não deve ser tão simples montá-lo no Brasil; e como notamos antes, a Foxconn brasileira costuma montar produtos de penúltima geração – como o iPhone 4 e iPad 2 – antes de fabricar produtos mais recentes. Bem, se os testes para produzir o iPad Mini no Brasil realmente começaram, como apontavam os rumores, isso não deve ser problema – e quem sabe vejamos o pequeno tablet “made in Brazil”.

De um jeito ou de outro, o iPad montado no Brasil receberá os benefícios fiscais da Lei de Informática: redução de IPI e isenção de Pis e Cofins. Isso não significa preços menores, no entanto: desde a época em que foi aprovada a Lei do Bem para tablets, fomos avisados de que a redução nos preços seria gradual.

Esperamos que os novos iPads cheguem ao mercado brasileiro ainda este mês. [Veja]